Cute Pink Kaoani

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Típico de caus, e a melhor coisa do mundo!


Sou um poço de ideias todos os dias, só não tenho ideia de como faço tanta coisa ao mesmo tempo. Ás vezes, muitas vezes! Nem me canso em fazer, em ser esse alvoroço em pessoa. O dia começa... Marido, filhos, café, escola, almoço, roupas, casa, blogs, redes sociais, ideias á mil, planos de um Bum na internet, ações sociais, telefone, celular. Ufa! Canso-me de pensar em como é meu dia. Em geral no final já to vendo letras trocadas nas leituras dos blogs, escrevendo sobre tudo que sou e o nada que tenho de tempo para pensar em parar um pouco. Minha mãe sempre dizia que minha mente era á mil por hora quando criança. Na vida adulta, Eu vivo á mil por hora. Acostumei-me assim desde muito cedo. Trabalho, desafios pessoais e profissionais, gente que eu me envolvia que também pensava bastante, sempre fez isso parecer normal, mesmo que ás vezes alucinante. Lembro-me de poucos anos atrás de sair de um dia puxadíssimo no trabalho e vir no coletivo rezando pra ninguém trocar duas palavras comigo, só para eu não perder o feeling do que pensava em ainda escrever para vocês aqui no blog tamanha duas horas da madrugada. De lá pra cá, quem me acompanha aqui no blog sabe que minha vida mudou bastante, deixei os cenários de produção de TV, teatro e as mesas de reuniões com artistas e empresários patrocinadores, para reunir-me melhor com meus artistas prediletos e o grande astro; Meu marido. O cenário mudou bastante, mas até parece uma novela cotidiana, o teatro aqui têm grandes talentos na hora de arrumar á cama, fazer as tarefas da escola, escovar os dentes e serem só as crianças da casa. Eles têm grandioso talento em querer fazer o papel principal aqui. Por isso o trabalho é mais árduo. Nem sempre á produtora e quase diretora de alguns programas televisivos e de espetáculos artísticos, consegue ser exemplarmente a diretora desse lugar chamado lar. Por horas me pego um pouco desesperado por isso. Mas acho que deve ser o desespero de muitas mães por ai. Eu só não conhecia de muito perto porque ainda estava atrelada ao trabalho fora. E basicamente quando se trabalha fora, seu destino é chegar em casa e deixar tudo por menos, e se tem problemas com a bagunça das crianças menos ainda. Pois então! Eu era assim. Á típica mãe de duas jornadas á bem pouco tempo, só que á segunda eu empurrava um pouco com a barriga. Em estando 24 horas em casa tudo fica diferente, grandioso e se cabeça vazia é oficina do Diabo, eu estou livre dele faz tempo. Eu que pensava que trabalhava demais fora, pensava demais, corria demais. Faço tudo isso hoje dobrado e continuo elétrica no fim do dia. Sinceramente não sei como meu marido aguenta tanta eletricidade, tanta coisa para falar, tanto á organizar e planos para fazer quando só por alguns minutos no fim da noite temos tempo de trocar algumas ideias. Não que não falemos bastante durante o dia, num oizinho no celular, ou em um momento de desespero com a traquinagem do nosso filho do meio, mas é que às vezes parece que aqui em casa é tudo á mil por hora e o dia não acompanha o que ainda tenho vontade de fazer ao final dele. Sorte é que eu sempre disse á ele que eu era muito esquisita, acabo achando que ele é esquisitíssimo e que temos filhos bem mais que esquisitos. Todo mundo aqui em casa têm essa coisa que se liga pela manhã e falta não desligar para dormirmos, exceto pela nossa filha mais velha por ela bem que podíamos parar, entre um agito e outro ela sempre pede para parar um pouco ou para desacelerar É á típica casa de pensadores, se ganhássemos dinheiro com isso estaríamos riquíssimos. Desse á bebê do Berço ao marmanjo que coordena todas as operações dessa casa, todos não podem parar. Alguém aí pode imaginar que isso é frustração, desabafo, conversa fiada de escritor que está parado. E eu só quis dizer que sou muito feliz com tudo isso!
Boa tarde á todos e vamos que vamos é hora de mais trabalho!
Lia Joca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca