Cute Pink Kaoani

domingo, 21 de abril de 2013

Nos dias de Domingo...


Meu domingo a alguns anos costumava ser dia de descanso. Pois é! Costumava. Quando se é mãe em todo o sentido da palavra em geral os dias de folga da família, férias escolares e finais de semana são sinônimo de trabalho em dobro. Ou pelo bem menos descanso. Já notei que na semana consigo controlar bem mais a rotina e aproveitar alguns minutos para mim. Ler, escrever, cochilar, enquanto a bebê dorme. Claro! Interessante como as coisas se invertem dentro de uma casa e na rotina doméstica. Aqui em casa, logo chega à sexta feira já me ponho a esperar a correria e a algazarra das crianças. Além dos cuidados e aconchegos com o maridão que são durante a semana compromissos quase sempre adiados, muito embora sempre arranjemos um tempinho para fugir da rotina, dar um beijo, um abraço apertado e dizer que nos amamos, em meio á buas, papapa, um chorinho sentido e um grito de autoridade com o filho do meio que tem parentesco com o TAZ. Meu fim de semana é sempre assim, recompenso todos os dengos do dono da casa, corro de um lado para o outro para dar atenção aos meus quatro pirralhos, me viro nos trinta quase sempre na hora do Faustão só que ninguém filma e até a meia noite do domingo de descanso dos outros e que Deus disse para guardar, tenho eu que estar com tudo guardado e arrumado para mais uma semana começar. Parece isso um desabafo, uma queixa. Mas quem conhece essa bagunça que é minha vida povoada com esse tesouro chamado família sabe que de jeito nenhum eu trocaria esse domingo cansado pelo descanso de ninguém. O que cansa nas rotinas é a falta de motivos. A motivação que tanto falam, o estimulo de ficar de pé, a vontade de ser e ter. Mas se você é, tem tudo dentro de você e têm um pouco mais oferecido por Deus a sua vida que se são as razões os motivos para tudo valer á pena não há cansaço, não há marasmo e a rotina deixa de ser um transtorno para ser mais uma parceira do dia-dia no controle da vida do que é incontrolável. Uma casa cheia de filhos, cheia de amor, cheia de vida. Motivos para estar feliz com á máquina cheia de roupas, outras tantas á dobrar, fogão para pilotar e uma casa toda para arrumar? Eu tenho todos e incontestáveis. Ao final de tudo isso eu tenho para mim quatro sorrisos e olhos cheios amor sempre ao meu lado. Amo meu cansado dia de domingo, amo o descanso do meu coração em ter essa bagunça organizada da nossa rotina diária que cada um cresce junto, pais e filhos. Somos um emaranhado de ajuda uns aos outros e não precisa nenhum esforço de ninguém, basta a recompensa de estarmos olhando todos os dias na mesma direção de mãos dadas rumo a uma felicidade que não precisa ser alcançada, pois já esta aqui e mora conosco em nossa casa.  

Lia Joca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca