Cute Pink Kaoani

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Pensando Alto...


Talvez por isso esteja assim, tão feliz por tudo o que tenho e vivo. Ao passo que meio atrapalhada com as novas descobertas de uma vida nova e cheia de felicidades e grandes responsabilidades. Nunca vivi as angustias de ver uma casa bagunçada e me culpar por isso, mas to aprendendo a olhar isso com outros olhos. De vez em quando é bom fazer pouca coisa ou nada. Sempre fui muito organizada, até os brinquedos dos meus filhos tinham prateleira fixa e hora para estarem guardados. Incrivelmente me pego a descobrir que às vezes isso pode não ser sinônimo de organização e vida tranquila. De fato ando aprendendo que um pouco de bagunça e funcional e pode sim deixar o corpo e a mente mais tranquilas. Andei percebendo que nem tudo funciona mesmo e se resolve dentro do nosso imediatismo de viver a vida toda dentro de 24 horas. Finalmente descobri que roupa suja não acaba nunca, mas ela não precisa ser motivo de culpa ou de eu me achar incompetente. De fato eu me achava bem mais ágil e competente quando trabalhava fora. Já resolvi em segundos problemas que para outros levaria muitos dias. E me diziam que quem trabalhava em casa era que vivia no bem bom! Sendo mãe, dona de casa, esposa e de vez em quando escritora, às vezes complica. É de fato muitíssimo trabalho, muita coisa á fazer e muita gente a depender exclusivamente de você. Se não tenho mais contratos e memorandos me esperando sobre a mesa, sobram em roupinhas da minha pequena para passar, traquinagens do outro para reclamar, maus costumes e manias da mais velha para tirar. Sem falar que o que não é tarefa e faz muita falta é o tempo para ficar sem fazer nada ao lado do maridão, beijar muito aquela carinha linda e fazer o cafuné que ele tanto gosta. De um jeito ou de outro se conformando ou não a gente acaba sofrendo um pouco, mas isso tudo muda em instantes, quando no minutinho que sobra corremos para ficar juntinhos. Os cafunés e denguinhos que não são mais tão corriqueiros tomam ares de um grande momento, único para ficar guardado. E isso sim faz o dia valer cada segundo por mais complicado que seja o dia inteiro. Me pego por vezes rindo muito do que não dá tempo e às vezes também chorando em desespero. É uma salada de sentimentos. Mas no final fica tudo perfeito e se não está tão arrumado e organizado paciência. Aqui o que não pode faltar é amor. Nossa família esta me ensinando mais a cada dia, me ensinam que não dependem de mim. Embora isso seja confuso na minha cabeça, me mostram que precisam de mim todo dia. E o precisar é bem mais importante do que o depender, Eles precisam muito mais da minha organização na vida deles, precisam essencialmente do meu amor.

Lia Joca


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca