Cute Pink Kaoani

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Família


Na minha cabeça família é família até quando não conseguimos agradar uns aos outros, nos desentendemos, perdemos a paciência com o comportamento e personalidade uns dos outros e até quando quebramos o pau, "Como se diz por aqui!" Se conhecer e até estar junto de vez em quando é fácil, mas ser família sempre foi e sempre será muito difícil, às vezes pode até parecer impossível. Família é tão complicado porque somos um emaranhado de amor X expectativas toda hora, Expectativas essas que não poderíamos depositar nos outros já que mesmo em se tratando de pessoas tão próximas somos todos tão cheios de diferenças. Os laços de sangue e a empatia por conta dos parentescos nunca nos garantiram que um dia não nos desentenderíamos e nos magoaríamos, Até as mágoas fazem parte da história de uma família que evolui, cresce unida. Mesmo com todas as diferenças e desavenças a vida caminha e a família prossegue junta mesmo aos reveses. Até porque família mesmo, não tem haver com laços de sangue, não tem haver com simpatia entre todos e nem tão pouco só com alegrias. Família mesmo tem haver com estar junto mesmo quando o compreender-se se torna difícil, com laços divinos, porque a empatia que nasce ao nos conhecermos é explicada pela vontade de Deus em fazer que seres totalmente diferentes relacione-se e sejam agentes transformadores na vida uns dos outros. Nem por um momento nada na vida de uma família é definitivo. Nem por um momento nos estamos afastados por conta de desentendimentos, Porque o sentimento que uni uma família é maior que quaisquer ressentimentos. Esses foram só momentos que provavelmente não vamos nos lembrar daqui a alguns anos, mas que significara nesse mesmo tempo que fomos tão família que chegamos no final juntos e mais fortalecidos diante das durezas e incompreensões dos sentimentos humanos. Trocando em miúdo este não é mais um texto de minha autoria, nem palavras filosóficas ou cheias de entre linhas que levam ao conformismo. Não! Nessas linhas quero deixar claro. Bem claro. Que não desisto dos que amo, não desisto da minha família, não desisto das promessas que fiz de estar junto até o final dos que por Deus foram postos na minha vida e que temos uns pelos outros não só uma empatia e sim um grande amor que se traduz com uma palavra “FAMÍLIA.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca