Cute Pink Kaoani

segunda-feira, 9 de maio de 2011

“Eu te amo” Eu sei o significado. As rédeas da sua vida são suas!



Desde muito pequena. Isso desde quando eu consigo me lembrar. Porque acho que antes mesmo que eu pudesse contar para esse mundo eu já havia aprendido o significado dessas três palavras ditas em verdade. Minha Mãe nos ensinou o significado e a importância disso na vida e em uma família. É!Eu aprendi quase tudo na minha vida com ela. Como todo mundo tem por primeira educadora a Mãe. Ou ao menos deveria ser. O caso é que é desde o ventre estamos aprendendo. Estamos absorvendo tudo e melhor que seja ensinamentos de verdade e amor. Pois bem! Como eu hoje minha Mãe sempre esteve muito ocupada, trabalhava muito fora e dentro de casa e naquele tempo não era comum mãe trabalhar fora. O máximo que a mãe saia naquele tempo era até o mercado. Os da minha idade ou pouco anteriores á ela sabem o que digo. Mas minha Mãe sempre foi moderninha cheia de trabalhos e uma vida muito corrida. Isso é o que você deve estar pensando agora. E se penalizando por mim. Nossa! Essa moça deve ter muitos problemas! É ai onde quero que chegue o seu pensamento. Não é quantidade nas relações maternais que importam de verdade é qualidade. Eu sou a prova viva disso. Aos que de perto me conhecem sabem exatamente do que falo. Em meu crescimento não houve ausência maternal. Não houve um só momento em que eu e meus irmãos não tenhamos nos sentido amados. E cheios de segurança. É! Amor na dose certa na infância é a receita de adultos seguros. Não que nos não tenhamos medo de algumas coisas. Mas se temos o amor verdadeiro sempre esta lá, para dizer que não há nada no mundo que ele não possa compreender e não há medidas para o apoio na vida que ele possa nos dar. É assim o amor da Mãezinha. A Dona Graçinha sempre nós ensinou mesmo de longe quando o colo tão querido não podia dar que para aprender á viver é preciso amar de verdade e chorar se a realidade não for á tão desejada. Mas logo em seguida aquele tombo o negócio era mesmo levantar. E apostar no amor dela e a nossa parceria para a saída achar. O amor dela sempre falou muito de presença quando a ausência era uma realidade. Lembro das vezes que aqui dentro do peito pequenininha e já sentia ela lá a pulsar. A Mãezinha dizia que quando coração de filho bate é o pulsar do amor dela dentro de nós. Dizia Eu te amo ao invés de bom dia e com o dedo percorria as feições de cada um de nós. Eu e o Tato éramos os primeiros da fila daquela brincadeira que a gente sabia que era cheia de amor e muito verdadeira. E toda vez que a Mamãe viajava, se ausentava era assim. Ao toque de suas mãos gravava o semblante de cada um e levava com ela. E nós ao toque dela entendíamos que mesmo ausente ela sempre ai estar do lado. Todos aqui adoramos fotos, mas não temos tantos guardados o nosso arquivo maior á mamãe gravou na nossa memória e coração com essa história de vida tão linda que ela sempre contou. Lembro-me tantas vezes entre viagens e trabalhos de estar em verdade sozinha, mas eu sabia que amor dela sempre estava lá. Falar de Amor de verdade não tem outra forma se não for passando por Mãe, já reparou? Pois então? Falando de felicidade e apoio de verdade só pode passar por ela também. E não era para ser assim só para meus irmãos e pra mim, era para ter sido assim para você também. Vivemos rodeados de pessoas fracas, sem personalidade e falta de verdade a si mesmos. Estão, Estamos! Criando filhos inseguros, com medo não só de escuro, mas, de viver á vida também. Segurança era para ser algo relacionado e ensinado dentro de casa que tem tudo haver com amor. Dizer eu te amo de verdade e saber o que isso significa sempre vai depender disso. Crianças que se sentem amadas são no futuro, adultos focados, seguros e cheios de vida. Amor é que devia ser receita pra crescer grande e forte. É melhor que qualquer vitamina, ajuda a crescer saudável e ilumina os passos na vida. Pergunte aos inseguros, confusos e cheios de mágoa na vida quem os ensinou sobre amor e vai entender o que digo. Quase sempre os descontrolados ao menor sinal de turbulência na vida pessoal são os inseguros. Os que nunca souberam, entenderam o que é amor de verdade. Porque em verdade em casa nunca aprenderam. Dizem por ai que se deve dizer eu te amo as pessoas, porque não se sabe o dia de amanhã. Uma hora dessa ela pode não esta ali para escutar. E a Mãezinha sempre dizia que eu te amo se deve ser dado como bom dia. E que amor de verdade não é para ser sentido só quando se esta do lado, ao contrário quando não se esta lá é que se sente o quanto ele é verdadeiro. Não é uma urgência convencer alguém que a amamos. É aprendizado e ensinamento. É saber que mesmo no silêncio pode ser sentido esse amor dentro de si. Quem não teve na vida uma mãe guerreira, parceira não vai entender uma palavra do que digo. Mas quem sempre soube o que é colo na cadeira de balanço mesmo quando as penas já escapam dos braços dela vai se identificar, se ver em tudo isso. Quem tem medo de contar para mãe, quem se importa com quem não conta. Não se importa com o que esta sentindo. Não tem como contar com ninguém. Nunca soube e nem vai saber o que é amor. Quem tem mãe e não sabe por onde começar a falar. Não sabe nem nunca vai saber como expressar amor. Quem morou com os pais e diz ser família e não sabe que é no leito dela que devemos ser compreendidos e queridos em qualquer situação e de qualquer forma. Nunca soube nem vai saber como ser alguém que ama. Alguém que poderia ser Pai, Mãe educadores do que importa. Dos ensinamentos do amor. Não sei ao certo porque todos não são educados á base do que é fundamental. Não sei dizer por que os pais não sabem mais o que é amor e nem porque eu e você vamos sempre esta se perguntando quem amou menos ou quem ama mais. Mas o que tenho de certeza. É a que sempre tive que se eu sempre soube o que é amor de verdade. Não vai ser uma verdade que vai me fazer ser menos para minha família. Felicidade e verdade foi minha família que me ensinou. Todo mundo aqui em casa sempre soube o que é essa palavra “Amor”. Lamento por quem nunca soube o que é isso em verdade e não pode ter metade da segurança que tenho e não poder ser uma verdade nem para si, tampouco para o mundo. Lamento por quem não vai ter um amor de verdade no futuro.
Lia Joca
09/05/2011
11h35minh

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca