Cute Pink Kaoani

terça-feira, 3 de maio de 2011

Comendo Unha!



Tomara que meus filhos não me vejam á fazer isso! Nossa! Eu passei a manhã á fazer essa coisa que eu digo á eles toda hora ser porqueira. Imagina que á essa hora já to quase na cabeça do dedo. Mas não consigo parar. A vida ás vezes faz graça até com a gente que vive fazendo graças das idas e vindas dela. Estou em dois momentos diferentes da vida em um só momento. Em uma só realidade. Vivo esse dia de hoje com á certeza de que tudo na vida, cada momento alegre e triste caminham juntos e que nós é que temos que aprender á balancear. Eu me lembrei agorinha do meu primo me falando á pouco sobre a sabedoria da água. A água é que é sábia, pois, não há obstáculos que ela não possa transpor. Queria ter essa sabedoria e força em relação ao momento em que passo agora. De fato dois momentos diferentes. Um de forte dor e outro de uma estrema alegria por mais um sonho chegando á minha realidade. Porém igualmente cheios de obstáculos e um longo caminho pela frente para vê-los caminhar á meu favor. Se fosse a água não ficaria aqui roendo unha e saberia em um tranqüilo esvair transpor essas pedras e barreiras e alcançar o mar das conquistas. Como já disse em outros desabafos, rabiscos, contos e lamentos da alma. Eu não quero lamentar pelo que não tentei. Não quero! Talvez não tenha tanta força quanto água. Mas não vou parar de tentar, pelejar. Só vou lamentar nos meus próximos anos as coisas que mesmo lutando não pude reverter ao meu favor ou mudar. Só vou desistir dos meus sonhos quando eles alcançar. Mesmo roendo unha agora todos os meus desafios estão latentes á minha mente e se neles me focar não haverá o que eu vá um dia lamentar. Lembro-me de dizer á outra pessoa, mas, em voz alta para convencer a mim mesma que não é a vida que a nós tem que se adaptar somos nos no vai e vem da vida. Planos, sonhos e desafios cotidianos nossos e dos outros que a ela temos que nos encaixar. Vive-se um dia por vez e isso nunca foi diferente á qualquer ser humano. Acorda-se de bem com o mundo ou desejando o dia acabar. Mas todo dia se vermos bem é um dia diferente e não importa se estamos ausentes das nossas lutas diárias elas nunca vão acabar. Não enquanto ainda houver vida. Porque nessa vida em uma balança de sentimentos sempre vamos estar. Mas o bom na minha vida sempre foi isso e olhando bem tive muitos desafios até ela chegar á onde já estar. Mas na verdade depois do choro e do susto e do roer das unhas á me lamentar. Sempre levantei e fui á luta. Nunca foi fácil pra mim. E não é pra ninguém. Crescer, viver, sonhar, amar e fazer á vida ficar com a cara que eu queria. Desafiar-me acordando todo dia e aprender á dar valor ao que só eu poderia buscar. Tudo isso ganha sabor e se você ainda não se adaptou, ainda vai se acostumar. Vai aprender a dar valor á tudo que for mais difícil de conquistar. Porque de verdade nessa vida tudo que tem lágrima, esforço falta de sono e boa briga sempre é o que a gente quer guardar para o resto da vida. O que nunca perde o gosto. O que damos mais valor e o que vai fazer á gente nunca lamentar.
Lia Joca
03/05/2011
15h17minh

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca