Cute Pink Kaoani

quarta-feira, 30 de março de 2011

Perdendo-me, ou na direção certa!



Quando andei perdida, resolvi parar á beira do caminho e pensar. Não em desistir, mas em como retomar o caminho sem tropeçar nas mesmas pedras. Sem sofrer as mesmas perdas. Mas descobrir ser inevitável passar pelo mesmo caminho sem cair e levantar, tropeçar e limpar as mãos das poeiras da jornada.
Quando perdida ainda em meus pensamentos olhei o caminho já percorrido, alma ofegante e coração cansado. Senti que errado não foram os tropeços, quedas e todas as perdas. Errada estive eu quando não os tomei como um aprendizado. Não levantei imediatamente sem murmurar, Não sentei mais vezes á beira do caminho para refazer meus passos e descobrir uma nova trilha.
Quando perdida aprendi a me encontrar. Descobri que estar comigo mesma pode ser bom. Que em meio a tantas companhias esqueci-me de dar atenção á alguém importante, a companhia que tantos querem. Á pessoa que me reflete o espelho. Que caindo, levantando, tropeçando, parando cansada a beira do caminho. Nunca cogitou desistir. Mesmo não entendendo os entraves do caminho, nunca questionou á Deus o porquê e o acusou do que só o caminho escolhido por mim e as palavras soltas por ele me fizeram padecer, chorar e olhar pra trás.
Quanto perdida descobri que já havia me encontrado. Que as trilhas novas, as pedras e todo o caminho longo atravessado com suor no rosto e lágrimas nos olhos por muitas vezes. Sempre foram necessários á minha jornada, pois sem eles não teria encontrado dentro de mim o alguém que não conhecia. Forte o suficiente para mesmo chorando o machucado levantar. Mesmo naquele momento não enxergando saída, não desistir de procurar um novo horizonte. Mesmo não sabendo mais como caminhar sozinha, em meio a tantas pedras, descobrir que nunca estive só. Que ao meu lado sempre esteve o amigo mais fiel, o professor mais determinado. Que de mim só aceitaria nada menos que o melhor aproveitamento. Depois disso descobri que o mérito do caminho percorrido com bravura não era só meu. E sim dele. Ele me deixou imaginar caminhar sozinha para que em no momento em que eu pensasse estar só ele estaria ao meu lado falando baixinho a meu coração. Levanta! Você já aprendeu!
Agradeço por ter me perdido, só assim me encontrei. Agradeço as pedras, caminhos longos, quedas, perdas e todas as dores até aqui, Agradeço por me sentir sozinha. Mas acima de TUDO. Agradeço a DEUS por nunca ter me deixado só. Por me deixar sentir sua mão á me apoiar. Pela queda que mesmo tendo sido dura a tua proteção não deixou ficar nenhuma marca em minha alma. E por isso hoje sei, me perdendo ou me sentindo na direção certa sempre vou precisar que me guie e eduque ao caminho certo como mestre que és. Que esteja do meu lado me ajudando a me encontrar comigo mesma como o amigo que sempre foi. E que segure a minha mão como Pai que sempre senti.
Ainda tenho muito que aprender. Mas tenho o melhor professor! Obrigada meu Pai!
Lia Joca
30/03/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca