Cute Pink Kaoani

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Controle populacional...



O Brasil tem o melhor controle populacional do mundo. Enquanto metade do mundo busca meios de controlar a natalidade e a hiper população territorial o nosso país sai na frente á cada ano. Cada estado brasileiro possui sua forma eficaz de combater o aumento da população. Vejamos, Estados como Rio de Janeiro e São Paulo o controle do crescimento populacional se dá através da violência, descaso das autoridades com o tráfico de drogas e finalmente o melhor onde tudo se dá mais rapidamente, onde se pode reduzir a população carente em metade, exemplo disso o recente desastre em Teresópolis. Ao falar nisso nos vem á mente tantos outros incidentes nas citadas cidades e em todo o território nacional. É o governo é participativo sim! Tem participação ativa no descaso á população que se aglomera em áreas de risco e se enfileira á portas de hospitais onde vão morrer prontamente. É sim! O Brasil é o número um nesse quesito também. Metade da população nacional é de jovens já que o incentivo á maternidade com programas do tipo: “Fique em casa fazendo menino e seja premiado pelo governo.” Por outro lado á população idosa sofre e se reduz á cada ano. Na verdade em poucos anos vai ser difícil viver até os 60 anos que dirá 65. E pra que néh? Já que o Brasil é o país do futebol e velho não corre mesmo atrás de bola. O país da bunda e vamos combinar que ainda não se ouviu falar na Velhinha Melancia... Ou qualquer outra fruta. Por épocas também á o controle nacional de população, geralmente após as chuvas como andamos acompanhando ou não para os que já morreram. É uma tal de Virose ou será Dengue??? Será mesmo que os médicos que receitam aos postos de saúde sabem distinguir tais sintomas? Nem na rede particular sabe-se dizer. Vá a qualquer hospital e diga: Estou vomitando, com febre e dor no corpo. Vai escutar com certeza. É virose! Mas como? Cadê o exame de sangue? Cadê o médico? Em alguns casos a população é diagnosticada por auxiliares de enfermagem mesmo. Pra que médico, se é tudo igual? E a população idosa em época de virose, dengue ou sei lá, é a mais afetada e também a mais reduzida. O governo já dá uma ajuda durante o ano todo para que essa população não sobreviva. É sobreviva. Porque no país da bola e da bunda idoso não vive, sobrevive com miseráveis aposentadorias e uma saúde pública em que contratam gente não mais para cuidar de gente e sim escolher entre quem ainda têm alguma chance de viver, neste caso também os idosos saem perdendo. É somos um país jovem. Em breve estaremos ficando ainda mais jovens. Com o “incentivo” dos nossos governos estaremos entrando em datas que ajudam a “equilibrar” ainda mais a idade populacional, já que no carnaval aqui no Ceará como no país inteiro conta-se nove meses após a estas festividades e pronto está milhões, trilhões de brasileirinhos aos berros nas maternidades públicas de todas as capitais. Pena que esses novos brasileiros só chegarão á idade máxima de 40 á 55 anos, isso se até lá não precisarem de qualquer cuidado na rede pública de saúde ou mesmo forem na juventude ao encontro das balas perdidas.
Ê Brasil primeirão!
Lia Joca
07/02/11

2 comentários:

  1. seria cômico se não fosse tragico!!

    esse são os modos higienista da elite... de fazer "controle social"?

    ResponderExcluir
  2. Esse é modo com que tratamos á vida! é uma triste realidade, pra não chorar é melhor rir. Não esquecendo que isso tudo poderia ser mudado se cada um de nós fizesse sua parte. Mas infelizmente somos uma sociedade individualista.
    Lia Joca

    ResponderExcluir

Olá! Deixe aqui seu comentário e seja sempre muito bem vindo á postar aqui suas sugestões para postagens e opinião sobre o que pode ser interessante de ser encontrado aqui.

Abraço

Lia Joca